Terapia Floral - Legislação



A Terapia Floral é quase centenária como sendo terapia holística complementar de saúde pública. Por não ser médica, não entra na categoria de “prescrição médica”. A profissão de Terapeuta Floral é definida pelo Governo Brasileiro, de acordo com a Comissão Nacional de Classificação (CONCLA), que congrega 17 Ministérios e foi criada pelo Decreto Federal 3500, coordenada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, como Serviços de Terapia Floral, Código 8690-9/01, Atividades de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde Humana